terça-feira, fevereiro 15, 2011

Vigorexia

Olá galera,


Estava lendo alguns blogs que gosto muito, muitos deles estão ai do lado e me deparei com algumas matérias sobre a anorexia masculina, vinda de uma cultura extremamente consumista, e que dar um valor as vezes exarcerbado ao padão de beleza, a magreza.

Durante as leituras fui vendo e descobrindo um outro transtorno que afeta principalmente os homens, a VIGOREXIA ou TRANSTORNO DISMÓRFICO CORPORAL.
Isto ocorre quando o volume e a intensidade de exercício físico praticado por um indivíduo excede a sua capacidade de recuperação, e pode-se somar ao fato de apresentar uma auto-imagem um tanto distorcida, em quadro psicologicamente patológico.


 

Foi primeiramente diagnosticada como um transtorno obsessivo compulsivo pelo médico Harrison Graham Pope Jr., professor de psicologia em Harvard que a nomeou de vigorexia ou Síndrome de Adônis (relacionando-a com o deus grego Adônis, de grande beleza física).
Indivíduos acometidos desta síndrome, são pessoas que mesmo fortes fisicamente, ao se visualizarem em espelhos, por exemplo, se sentem fracos, de maneira similar aos acometidos de anorexia, que ao se visualizarem, sempre consideram-se gordos.

Acomete predominantemente indivíduos do sexo masculino, mas também se evidencia em indivíduos do sexo feminino, e em ambos os casos, predominantemente associado a prática de musculação e ao fisiculturismo, embora deva-se destacar, não necessariamente um fisiculturista seja acometido desta síndrome.


 
Um fator comum aos que sofrem de vigorexia é o uso de esteróides anabolizantes para fins puramente estéticos, este número cresceu tanto que países europeus passaram a tratar o comércio com os mesmos critérios legais e penais do consumo de drogas psicotrópicas.

A estes esteróides, acrescentam-se o consumo de insulina, o hormônio do crescimento e outras drogas com a mesma finalidade, existe até o consumo de medicamentos de uso veterinário, especialmente para eqüinos.

Além da obsessão pelo volume muscular, os que sofrem de vigorexia quer ter uma melhor definição muscular, diminuição da gordura subcutânea (abaixo da pele), fator importante entre os fisiculturistas competidores e atletas de diferentes esportes, sem considerar diretamente fatores estéticos.

Tais indivíduos podem somar ao excesso de treino e/ou o consumo de anabolizantes diversos, ou mesmo excesso de alimentação baseada em proteínas, somam medicamentos e substâncias que auxiliam ou potencializam a queima de gordura corporal, "fat burners" ("queimadores de gordura", em inglês), como a cafeína e a efedrina e suas combinações, as combinações de anfetaminas e inibidores de apetite diversos e outros fármacos com estes fins, inclusive em dosagens perigosas, até mesmo pelos baixos níveis de gordura corporal que atingem, e sua relacionada assimilação e processamento de vitaminas lipossolúveis.


Os sintomas mais comuns são: 


• Dores musculares persistentes
• Fadiga persistente
• Ritmo cardíaco elevado, em estado de repouso
• Maior susceptibilidade a infecções
• Maior incidência de lesões
• Irritabilidade
• Depressão
• Perda de motivação
• Insônias
• Perda de apetite
• Perda de peso
• Menor desempenho sexual

É necessário o tratamento medico, terapia e ajuda nutricional. Podem acontecer recaídas, por isso é bom ter um acompanhamento ao longo do período.


Gostou?
Deixa um comentário aqui!!!


 


Nenhum comentário: