sexta-feira, outubro 15, 2010

Jaqueteando

Olá galera, cada dia que passa estou gostando mais dessa nova cara do blog e me empenhando para escrever coisas bacanas para vocês.
Hoje como prometido falarei sobre jaquetas que de um tempinho pra cá passaram a ser meu sonho de consumo. Versáteis elas podem compor looks muito bacanas tanto no verão quanto no inverno e são um coringa no guarda roupa masculino.
Eu particularmente tenho problemas para comprar roupa, pois o meu tamanho não permite usar tudo o que quero (vale lembrar que sou baixinho e magrinho), então tenho que na maioria das vezes comprar e reformar as roupas (isso fica para outro post).
Meu gosto por esta peça começou em 2003 quando tive que fazer um espetáculo no estilo anos 50, onde a peça principal do meu figurino era a tal jaqueta de couro preta. Caramba foi amora primeira vista e logo que a temporada acabou passei a usá-la normalmente no meu dia-a-dia. Como era de couro sempre a usei de noite e especialmente em dias mais frios. Super confortável, mas deixei de usar, pois, por alguma obra do destino cresci um pouco e ela ficou pequena para mim.

Minha irmã que é uma louca por coletes (último post) tratou de pega-la no meu guarda roupa e arrancou as mangas e hoje sai por ai desfilando com o colete de couro dela, até tentei usar, mas fiquei com cara de masoquista.
Depois de um tempo encontrei um jaqueta jeans perfeita na Levi’s Aracaju, mas o preço não estava ao meu favor e acabei não comprando, mas como o mundo sempre gira, fui parar em Joinville e o que eu encontro? Sim meu povo a loja da Levi’s Joinville em promoção e lógico que encontrei a tão sonhada jaqueta por lá. Comprei na hora e por um preço bem doce mesmo, e ainda consegui dividir para 3x no cartão (s/ juros). Agora vem o problema, mandei reformar a jaqueta, que para variar estava grande mesmo comprando a de tamanho “P”.
Um pouco de historinha
A jaqueta é a quarta peça na linha do vestuário masculino. Começou com a túnica cobrindo o corpo dos ombros aos pés, depois passamos para o sobretudo cobrindo até os joelhos, chegamos ao terno logo abaixo do bumbum e por fim na jaqueta que fica exatamente na altura do quadril, no popular “ossinho da frente”.
Como esta peça é a mais recente do guarda roupa masculino, ela traz um aspecto de rebeldia dos anos 50 com as de couro e as de jeans, que realmente se popularizaram. As de jeans marcaram bem os anos 80 e inicio dos anos 90, logo depois desaparecendo da face da terra como os dinossauros. Agora ela volta com todo gás e de várias formas, cortes, cores e lavagens, tudo para deixar nós homens mais modernos e cheios de gatinhas por ai (ok, minha namorada vai me matar depois dessa).

Conferindo alguns looks

Jeans


Couro

Coloridas


Bem cortadas



Sonhos de Cosumo

Espero que tenham gostado do post.
Ainda não sei sobre o que falar no próximo post sobre moda, pensei em algo pro verão.
Deixem sugestões no comentário ok?

3 comentários:

Anônimo disse...

Vc falou de sonho de consumo, mas a quem ou que se refere: jaquetas ou modelos?

Rodolphosandes86 disse...

só as jaquetas mesmo!!!!

Isabele Ribeiro disse...

Tem gente que não tem muito o que fazer né? Mas enfim...
Adoreei o post!
Tô louca por uma perfecto de couro. Acho também super válido, pra quem não quer gastar muito dar uma passada nos brechós da sua cidade, sempre dá pra achar alguma jeasn que seja legal.

Te amo muito, namorado estiloso.
Beijos, Sua Bele.