quarta-feira, outubro 14, 2009

Até...

Até onde um silêncio pode matar?
Até onde um sorriso pode frustrar?
Até onde um sonho pode ir?
Até onde uma palavra pode machucar?

Um comentário:

Léo Santolli * disse...

Até onde o que é seu, é só seu ?